Quarta-feira, 18 de Julho de 2012

teste

Sons e silêncios, num pacto sublime, encheram a nave do panteão nacional de Santa Cruz, agarrando os picos da belíssima abóbada manuelina e descendo sobre a gente que enchia o templo de acústica magnífica, espalhada pelos bancos e pelo chão carcomido de pedras quase milenares, diariamente pisadas por Camões ou Fernando de Bulhões, frequentadores do seu activo scriptorium.

Na capela-mor, actuava o coro do 'Oriel College', um  um dos 39 que compõem a colegiada inglesa mais conhecida do mundo, a Universidade de Oxford.

E foi assim que não mais de vinte vozes, dirigidas por David Mow, fizeram aquela feitiço, inesquecível.

 

 

Maria João Araújo, professora de música em Oxford.

 

Owen Rees, especialista na produção ibérica dos sécs. XV a XVII e especificamente na obra musical deste mosteiro fez renascer do esquecimento trabalhos de compositores portugiueses desse período como Duarte Lobo, Manuel Cardoso e Pedro de Cristo, cuja Ave Maria, magnífica, integrou o reportório do espectáculo.

 

<iframe width="560" height="25" src="http://www.youtube.com/embed/p1LPJ4L51oE" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

publicado por Laura Ramos às 13:05
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 27 de Abril de 2012

Piano Bar

tags:
publicado por Laura Ramos às 15:20
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 16 de Março de 2012

Piano Bar

tags:
publicado por Laura Ramos às 15:16
link | comentar | favorito

Piano Bar

tags:
publicado por Laura Ramos às 15:00
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012

Piano Bar

tags:
publicado por Laura Ramos às 15:00
link | comentar | favorito

Piano Bar

tags:
publicado por Laura Ramos às 15:00
link | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2012

Sinto, logo existo?

 

Desde que oficializaram o amor romântico a sociedade desintegrou-se...

Mas lembra a alguém fazer depender a propagação da raça, e a sua sólida agregação num grupo estável, de fenómenos tão caprichosos como os efeitos do estrogénio e da testosterona? E dos célebres neurotransmissores de nome pindérico como a norepinefrina (que nos excita), a serotonina (que nos descontrola), a dopamina (que nos faz sentir felizes) e uma tal de feniletilamina, que comanda todas as anteriores e foi maldosamente injectada numa droga irresponsavelmente legalizada no mercado, de seu nome chocolate?
Amanhem-se com esta, não ha volta a dar! Na era da racionalidade, nós, homens e mulheres, não escolhemos com a cabeça.
A coisa não tem que saber, não há como lutar: é pura química. Essa coisa maravilhosa que é o coração acelerado, as mãos suadas, a respiração difícil, as borboletas no estômago e o cérebro turvado, totalmente incapaz de discernir com clareza: a fase do desejo. E que depois evolui para a etapa seguinte, a da atracção fatal, que não nos deixa dormir, nem comer, nem pensar em rigorosamente mais nada. Finalmente, e se não encalharmos na anterior (como encalham os típicos infiéis viciados nestes turbilhões voláteis e avassaladores), acabamos na ligação: o tempo do amor sóbrio, dos laços e do pleno reinado da oxitocina (a hormona do carinho) e da vasopressina (a hormona da fidelidade...)
Está tudo estudado, meus amigos. As próprias 'endorfinas' só foram descobertas em 1975, sabiam? Eu bem desconfiava que algo de novo e profundo me acontecera depois do vinte e cinco do quatro... Eram elas, as endorfinas, escusavam de me ter criticado tanto, ó parentela ignorante!
Somos meros repositórios de determinismos biológicos e por isso, das duas, uma: ou nos portamos bem e somos estóicos; ou nos portamos mal e nos divertimos à brava.
Mon Dieu, si ce n'est pas la décadence, c'est quand même une sacrée séance...
publicado por Laura Ramos às 17:46
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2012

Piano Bar

tags:
publicado por Laura Ramos às 12:30
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. teste

. Piano Bar

. Piano Bar

. Piano Bar

. Piano Bar

. Piano Bar

. Sinto, logo existo?

. Piano Bar

.arquivos

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

.tags

. todas as tags

.favorito

. As canções do século (121...

. Vou à terra! Que quereis ...

. As canções do século (121...

. Margaret Thatcher 1925-20...

. O passado não regressa

. Ler

. Quando abdicar é próprio ...

. O comentário da semana

. Mais cem escritores que d...

. Mais cem escritores que d...

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub